8 Benefícios do figo

Com origem no território da Ásia Menor, ou Turquia, o figo cresceu como destaque entre as frutas importantes do comércio característico da região do Mediterrâneo oriental, Estados Unidos, e ainda na Espanha.  Uma fruta secular, pois era encontrada nas mesas da Roma antiga.

Há uma vasta variedade de tipos desta fruta, e estas são cultivadas nessas diferentes regiões da Ásia e Turquia. Os benefícios do figo  não só incluem fornecimento de potássio, fibras, como também quantidade significativa do mineral manganês. O percentual calórico é uma das principais informações convenientes, principalmente para os adeptos de dietas. O figo contém algumas substâncias antioxidantes, como os carotenóides, que têm uma ação preventiva no desenvolvimento de certas doenças, como as cardiovasculares e alguns tipos de câncer. Essas substâncias se encontram principalmente na casca do figo, e de forma mais concentrada no figo seco.

BENEFÍCIOS

1- Diabetes

Esse efeito não só se limita à ingestão da fruta, mas também das folhas de figueira. Sim, elas são comestíveis e possuem justificativas suficientes para você se sentir convencido de comê-las. É dito que a fruta e as folhas possuem propriedades antidiabéticas, o ácido clorogênico é um dos principais responsáveis por esses benefícios do figo, podendo ser eficiente para o equilíbrio dos níveis de insulina necessários para as pessoas que sofrem com diabetes e necessitam da suplementação desta.

O consumo regular não só pode ser feito ao comer a fruta como sobremesa nas refeições, como também através da extração do líquido contido nas folhas de figueira.

2- Reduz a pressão arterial

Os figos são uma boa fonte de potássio, que é um mineral que pode ajudar no controle da pressão arterial e batimentos cardíacos. O consumo regular de figo pode auxiliar na deficiência de potássio, já que o baixo consumo deste, combinado com a ingestão de Sódio, pode levar à hipertensão. Sabemos que há diversas pessoas que não consomem as porções ideais de legumes e frutas, porém, estas consomem alta quantidade de sódio, que está muito presente em alimentos de fast-food e processados.

3-Antioxidantes

Pesquisas demonstraram que mais um dos benefícios do figo é auxiliar no aumento significativo na capacidade antioxidante, a qual se estende às quatro horas consecutivas após a ingestão. Essa contribuição permite que o corpo supere estresses oxidativos de consumo de alimentos pouco saudáveis, como aqueles com xarope de milho rico em frutose comum em bebidas carbonadas. As opções de figos mais escuros contam com maior capacidade antioxidante e fitonutrientes.

As fibras alimentares contribuem para o bom funcionamento do aparelho digestivo, diminuem o risco de câncer do cólon e ajudam a normalizar os níveis de colesterol e glicose no sangue.

4- Aparelho digestivo

As fibras alimentares contribuem para o bom funcionamento do aparelho digestivo, diminuem o risco de câncer do cólon e ajudam a normalizar os níveis de colesterol e glicose no sangue.

O figo também contém uma quantidade razoável de oxalatos. Essas substâncias são produzidas naturalmente em plantas e animais. No organismo humano, se atingem concentrações elevadas, podem estar associadas a formação de cálculos renais ou da vesícula biliar.

5-Anemia

Os figos são ricos em ferro principal mineral para o controle de glóbulos vermelhos e prevenção de anemias. O consumo desse fruto é, principalmente, recomendado para mulheres gestantes e crianças, pois devem manter os níveis de glóbulos vermelhos.

6 – Reduz fadiga e beneficia os músculos

O consumo de fibras pode ajudar nos níveis de energia. É importante que saibamos que metade das fibras ingeridas são absorvidas por bactérias. As fibras ingeridas podem ser então absorvidas e enviadas diretamente para os músculos, sendo reconhecida como uma fonte de combustível imediato. Essa energia produzida pode combater à fadiga e colaborar com o efeito anabólico, aumentando ainda o rendimento nos treinos.

7 – Efeito anti-inflamatório

Os legumes e verduras são referências para a manutenção da saúde da visão, mas o que poucas pessoas sabem é que ao consumir no mínimo três porções por dia de figo é possível reduzir o risco de degeneração muscular relacionada à idade, que é a principal causa de perda de visão de adultos com idade mais avançada.

Os figos possuem alto nível do flavonoide luteolina, que oferece ações anti-inflamatórias específicas para todo o corpo. A luteolina possui capacidade antioxidante forte que pode neutralizar radicais livres. Quando comparada, esta pode ser eficaz no bloqueio de crescimento de tumores, além de auxiliar na prevenção e tratamento de cancro da pele.

8 – Anemia

Por ser rico em ferro, o consumo desse fruto é, principalmente, recomendado para mulheres gestantes e crianças, pois devem manter os níveis de glóbulos vermelhos.

Tags: Tags: | | | | | |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading...